sentimentos nada transitivos

"Amor" não é substantivo, é verbo intransitivo e nome-próprio.
A gente ama e não importa a quem, nem precisa de preposição.
O Amor deve ser conjugado no modo indicativo e sempre no tempo presente, mas nunca no modo imperativo.
O Amor é gerúndio e infinitivo ao mesmo tempo! Amando, sentindo, vivendo, um processo verbal em curso...
O Amor não é verbo irregular, nem defectivo, de conjugação incompleta, não é impessoal.
O Amor é pra ser conjugado na segunda pessoa, ao lado de todos os outros verbos que assim se conjugam: fazer, viver, valer.
De grau superlativo, absoluto, comum de dois gêneros!
Advérbio de lugar, tempo, modo, de intensidade, afirmação.
Plural, pronome composto e jamais, jamais, deve-se transformar o Amor em um pronome possessivo, pra que, quando ele virar pretérito, possa ser mais-que-perfeito...




A única coisa que eu aprendo nessa vida é Português...
q puxa

6 comentários:

Guilherme disse...

O certo é..

Eu sei que vou amar-te.
Eu sei que vou à Marte.

Nos dois casos, dá no mesmo.
Porque em ambos, vai se muito longe. Porque em ambos, por mais inóspita que pareça a aventura. Para quem vai, é uma nova alegria.

Beijos.

O Lobo-Mau disse...

amor eh uma droga
envenena e dá prazer
ninguem assume q usa
amor vicia, mas quando vc tem uma bad trip vc tem q desintoxicar pra usar d novo...

israel disse...

idem, sempre fui bom em portugues...
ja no amor...

bjo!!

¤ Polly ¤ disse...

caraca
eu amei meu premioooooooooooo
*.*
fikei super feliz
c pode ter ctz q vc ganhará de novo um de mim
*.*

brigada pelo q escreveu sobre mim
eu amei de s2 mesmo
brigadaaa

;*****

luz disse...

Vivi, vou ter que plagiar e por no meu blog...mas vou te dar os crpeditos,

Simplesmente incrivel parabéns pelo texto, DEMAIS

Iza. disse...

é.

vou plagiar idem.

perfeito!

abstinência te faz bem nas letras querida.
tanto mal te faz o coração.
troque-o por um figado ou pulmão.

minto.

se eu pudesse, espelho meu, teria 10,20 talvez 100 corações!
o amor é meu veneno anti-monotonia.

beijo