...e se o amanhã não chegar...


dizem que a morte é o começo de uma nova vida. em um outro lugar. com outras pessoas. fazendo outras coisas.
mas não nos perguntam se queremos ir. não nos dizem para onde vamos e como vai ser lá.
eles simplesmente te levam... não interessa se você acabou de casar, ou se seu neto vai nascer.
as vezes você acabou de ver uma pessoa... que já não está mais viva.
sabe, as vezes você acorda atrasado, ou queima o arroz, ou até quebra um copo...
ACONTECE...
e é assim que a gente morre.
ACONTECE...
você vai dormir e quando acorda está em outro lugar.
ou sai pra almoçar e não volta mais pra casa.

'mas eu estava com ele ontem...' 'mas eu falei com ele agora...' 'ele tinha tantos planos...'

ontem é muito previsível... AGORA é real... mas o futuro as vezes, não chega...

e é AGORA é que a nossa vida acontece.
ontem você falou e fez tudo que queria?
e o que você guarda pra fazer amanhã? não é importante hoje?
imagine viver se escondendo no amanhã uma vida inteira e de repente o amanhã te ser roubado...
o que vão dizer de ti?
que viveu? ou que pensou em viver?

na vida nos deram muitas dúvidas e poucas certezas...
e acho até que a única certeza é a de que todo ser vivo, morre...
o que nos surpreende é como morre e quando morre.
porque essa também é uma dúvida.

VIVA INTENSAMENTE SUA VIDA HOJE !

porque se o amanhã não chegar... terá valido a pena...

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não pára...
Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora ou na valsa
A vida é tão rara...
Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo que lhe falta prá perceber?
Será que temos esse tempo prá perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

6 comentários:

Samantha Steil. disse...

sinistro...
morro de medo de morrer.
pode dizer que é a única certeza, que todo mundo morre, bla bla bla, mas eu tenho medo e pronto!


é isso.



bj.

Iza. disse...

saudade do meu espelho.


n~]ao se deixe quebrar.


dance, vodka e cigarros.

Anna Carla disse...

A gente nasce e morre a cada instante com a respiração.
Inspira nasce, expira morre.
Com essa consciência a gente toma a dimensão real das coisas e passa a dar importância ao que realmente importa e vive o que tem que viver, sem medo.

luz disse...

http://ligthinthedark.blogspot.com/2008/06/morte-x-amor.html

Isso já diz bastante pra mim...

Te liguei sabado, caixa postal. humpf

Polly. Milani ® disse...

hey sumidona
eh a polly aki haha
fiz otro blog
mas este eh de bandas femininas
se vc curtir ou nao msm assim da uma passadinha la
;)
;***

Anônimo disse...

a vida é uma pesa de teatro nao premite ensaios, por isso nao ah tempo para errar e comecar de novo, aproveitai a vida antes que as cortinas se fechem