[SIMPLIFIQUE]

gosto dessa palavra. no imperativo, mesmo... em tom de ordem.
a vida é simples... sempre foi. desde a criação, a idéia era termos um sistema tão complexo [com a gravidade, a água, o ar, a pele, o pêlo, a retina] que VIVER era SIMPLES!
nascer
crescer
se reproduzir
morrer
.
nessa ordem! o resto era experiência.
mas o homem é o rei do conforto, segundo Lourenço em O Cheiro do Ralo. e pensando nisso eu digo que é o rei da complicação.
o conforto gera lixo e lixo é complicação... o que fazer com o indesejado?
matar. queimar. enterrar... qualquer coisa que prejudique o resto dos seres, que se limitaram a seguir o instinto e não 10% do cérebro.
e depois se matam! em guerras confusas por motivos confusos com o objetivo de dominar mais exército e mais território para DOMINAAAR O MUUUNDO!
seja um país, um lunático, uma religião, eles se matam... alguns nem sabem ao certo o motivo... mas na falta de algo mais SIMPLES a fazer... por quê não explodir um prédio, ou dois...
.
e os amores?!?
as pessoas se matam por ciúmes, por dinheiro, por vício...
os homens [machos dominantes] queriam esposas castas e amantes vulgares. quando as esposas castas começaram a ser trocadas pelas amantes vulgares, começaram a clamar por independencia e liberdade... pra que depender de um homem que não sabe o que quer? mas e as mulheres [independentes], sabem o que querem?
e então... reina a promiscuidade do sexo liiivre, sem compromisso, sem proteção, sem noção...
e todos voltam a ser insatisfeitos...
.
estou cansada das coisas complicadas nesse mundo complicado que eu vivo.
quero verdade de criança. falar olhando nos olhos. um ombro pra chorar. um abraço pra rir. uma mão pra ver o mar... ou não quero nada... quero paz e luz...
coisas simples sabe.
.
Tá cansada, senta
Se acredita, tenta
Se tá frio, esquenta
Se tá fora, entra
Se pediu, agüenta
Se pediu, agüenta...
.
Se sujou, cai fora
Se dá pé, namora
Tá doendo, chora
Tá caindo, escora
Não tá bom, melhora
Não tá bom, melhora...
.
Se aperta, grite
Se tá chato, agite
Se não tem, credite
Se foi falta, apite
Se não é, imite...
.
Se é do mato, amanse
Trabalhou, descanse
Se tem festa, dance
Se tá longe, alcance
Use sua chance
Use sua chance...
.
Se tá puto, quebre
Ta feliz, requebre
Se venceu, celebre
Se tá velho, alquebre
Corra atrás da lebre
Corra atrás da lebre...
.
Se perdeu, procure
Se é seu, segure
Se tá mal, se cure
Se é verdade, jure
Quer saber, apure
Quer saber, apure...
.
Se sobrou, congele
Se não vai, cancele
Se é inocente, apele
Escravo, se rebele
Nunca se atropele...
.
Se escreveu, remeta
Engrossou, se meta
E quer dever, prometa
Prá moldar, derreta
Não se submeta
Não se submeta...

4 comentários:

Iza. disse...

rá! o cheiro do ralo!!! um dos melhores filmes que ja vi na vida. uma análise da existencia do ser humano que já vi. uma saudade de vc Vivi. meu espelho. é isso mesmo, as coisas vão se complicando pra nós. e se impondo. tô tão cansada disso... odeio imposições!
mas como diz meu mantra do LEnine!
ahahahaha
"não se submeta"
ele fala isso, mas eu particulamente não sei como fazer isso... é como estar presa num quarto de paredes em movimento que uma hora, vão te imprensar.

um beijo na alma querida.

luz disse...

Perfeito !

Saudades mil !!!!

Anna Carla disse...

engraçado que vi esse filme e me decepcionei um pouco, acho que vi tarde (como sempre diga-se), todo mundo comentou tanto que fiquei esperando mais.
Adoro essa musica do lenine, aliás lenine é demais!
mudei o lay out do cadrno, passa lá.
umbeijomeliga.

Anônimo disse...

"porém já nascemos LIVRES" ?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!!
are you fucking sure?
wake up girl! :p