paixão. passion. passione. perturbatio.

A paixão não tem explicação.
Quer dizer. os cientistas dizem q a culpa é d substâncias químicas do nosso corpo.
não me sinto apaixonada a meses...
e a última vez q pensei estar apaixonada. preferi definir meu estado como atropelada...



[...]



...e ainda me vejo na beira da estrada...
...e ainda dói quando eu tento me levantar...


não sei pq insisto em querer o q não tem.
é sempre assim: se o sujeito é do tipo 'tá tudo certo', não precisa d análise, é bem resolvido, não arruma problema na rua... eu discrimino o coitado.
Acho q faz parte da minha natureza brasileira uma certa paixão pelas coisas caóticas.

mas não vejo nada caótico em mirar alto. em não se contentar com o q se tem. só por medo d não ter nada...

Perdida... Na avenida... Canta seu enredo fora do carnaval.
Perdeu a saia... Perdeu o emprego... Desfila natural.
Esquinas.... Mil buzinas... Imagina orquestras. Samba no chafariz.
Viva a folia ! A dor não presta. Felicidade, sim !
O sol ensolarará a estrada dela.
A lua alumiará o mar.
A vida é bela.
O sol, a estrada amarela.
E as ondas, as ondas, as ondas, as ondas...
Bambeia... Cambaleia...
É dura na queda. Custa a cair em si.
Largou família.
Bebeu veneno.
E vai morrer de rir.
Vagueia.
Devaneia.
Já apanhou à beça...
Mas para quem sabe olhar
A flor também é ferida aberta.
E não se vê chorar...

2 comentários:

Clementine disse...

somos assim.
uma, duas e até três de nos ao mesmo tempo.
viva o que tem hoje. amanhã é amanhã.
qualquer coisa dance, menina.

queria poder te ajudar melhor...

Clementine disse...

talvez seja a hora de fechar as janelas, ler uns livros e ouvir novas musicas.
pra se renovar
pra renascer
pra voltar a fazer sentido.