feeling so lost inside



agora é assim... os dias passam quase sem gosto... quase muito rápido...



se não fossem os fins d tarde... andando sozinha com ele pela praia.
entrevistando e sendo entrevistada.
revendo imagens. entendendo teorias. respeitando idéias. aceitando diferenças. mudando opiniões...
não fosse isso eu acho q teria enlouquecido...
não fosse a água d côco dividida. o abraço. as risadas. o silêncio. o ferreiro. o cheiro...
acho q teria desistido.
desistido d ser especial pras pessoas. e d tornar as pessoas especiais pra mim.
não sei se sou peça d um quebra-cabeças ou d um jogo.
não sei se estou na estante ou no tabuleiro.
sei q não me adapto a coleções e hj só consigo pensar em sentir.
sentir algo real...
chega d confusão. d achar q estou perdida.

não sei o que vai acontecer. não sei se vai acabar docemente ou em desastre.
não sei se devia parar tudo agora antes que... não sei fazer isso de parar pela metade. costumam fazer isso por mim, aí eu tenho que dar um jeito de arrumar um final para ficar em paz comigo. não sei o que vai acontecer, então vamos indo, dá aqui a mão, só vamos indo porque o céu está bonito demais e eu ando sentindo uma paz que não é minha e não é inventada, simplesmente é.
é. então vamos.

"Você tem meu coração e nós nunca iremos separar nossos mundos...
Você continuará sendo minha estrela...
E quando você precisar de mim lá estarei sempre com você...
Quando o sol brilhar, nós brilharemos juntos.
Eu jurei que estaria aqui pra sempre...
Disse que sempre seria sua amiga...
Então venha e fique até o fim.
Agora que está chovendo como nunca... Sei que ainda temos um ao outro..."

3 comentários:

Colombina* disse...

Essa vida tão repleta de coisas boas e ruins.
um constante contraste.
contradição.
e não há frase mais contraditória e mais verdade que essa: O que nos nutre, nos destrói!

Fuckin´ princess disse...

Viv´s
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.
Tudo isso irá te fortalecer ainda mais...
Estamos em constante transformação.

israel disse...

permita- se sentir moça, nao importa o que aconteça!!

desculpe a invasão!!

see ya