... sinceramente ...

é verdade... vc vai sumir... d novo... como disse q iria...
é... vc disse q iria e eu acreditei.
acreditei pq acredito na sua sinceridade. por isso a risada quando vc disse q não queria me iludir...
como me iludir com alguém tão sincero ? q desde o primeiro beijo me avisou q era problema... q não queria me machucar. q me pediu pra ficar longe... q avisou sobre o ‘inferno nas estrelas’...
mesmo já t conhecendo há tempos não imaginei q seria tão especial pra mim. q me tiraria do sério... tiraria todo o meu ar. o meu chão. q teríamos tanto e tão pouco. e q ainda assim não me machucaria.
não sei se é por saber q vira-latas como vc não tem como ‘dona’ uma vira-lata como eu. ou por saber q somos tão parecidos.
mas sabia q seria meu d algum jeito. mesmo q meu segredo. mesmo q só por uma[s] noite[s]...
não sei se foi a química do teu beijo. ou a audácia d jogar aquele perfume em mim. ou a pretensão d avisar q me atropelaria. mas alguma coisa em ti me fez tua. tua vira-lata. me fez cometer as ‘loucuras’ q eu sempre me podei d fazer. me deu uma liberdade louca d não me preocupar com ‘aparências’ e me sentir a mais vadia e a mais respeitada do mundo.
e mesmo assim não me machucou... logo eu... tão cheia d armaduras e armadilhas...
não consegui mentir nem um minuto pra vc. consegui mentir pra minha melhor amiga. pra minha mãe. até menti pra mim. mas pra vc fui sincera.
vc me pediu pra contar como ficamos a primeira vez e me fez pensar nas outras vezes...
no dia q vc lavou e passou minha camisa naquela festa... e da noite q tivemos depois. e fui sincera quando vc me perguntou o q eu era tua...

e estou sendo sincera agora...
agradecendo tua sinceridade. teu carinho. teu respeito.
pode aparecer quando doer suas costas viu. eu gosto d ti d graça !
nunca vou t cobrar nada ! tudo q eu tenho é pq eu mereço. não por cobrança. e tudo q eu quero d ti é essa sinceridade. só essa sinceridade...
e quero pedir pra não ter medo d mim... pq eu não tenho medo d vc.
sei o q vc gosta em mim. sei o q vc quer comigo. e sinceramente... não
me importa !

só fico triste d ver a cara d saudade dessa gata vadia... esperando teu pé pra deitar...
humpf

V






















será q fui sincera demais em mandar isso pra ele ???

4 comentários:

Só Um Poeta Só disse...

A sinceridade é a chave das portas do coração!
Com ela, sempre acertamos, mesmo quando os resultados possam não ser favoráveis aos nossos desejos.

Boa sorte vira-lata em sua caminhada sincera!

Colombina* disse...

eu gostaria de ter um macho sincerto, em quem eu pudesse confiar sem ter medo, para quem eu pudesse nao mentir!
Sinceridade é tao bonito... mesmo quando se tratam de vira-latas...

Clementine disse...

e quando siceridade é demais?
principalmente pra você de coração gigante, que acredita em anjos.

você esta longe dos olhos alheios. não se deixe persuadir a vê-los.

amém.
rs

bêjo

Samantha Steil. disse...

menina
vi uma pessoa mto parecida contigo num tal de café com rapadura em são vicente....era vc???